Parte do coletivo Soylocoporti

Olhares de (apenas) uma latino-americana

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Carnaval afro-açoriano

, ,
dsc 0007 Carnaval afro açoriano

Carnaval 2009 - Floripa - Bloco dos sujos

Florianópolis – ilha da magia, da alegria, da fantasia. Praias paradisíacas, clima de litoral, cheiro de sal e aquele jeito manezinho de encarar a vida com tranquilidade. No carnaval, fervo – todas as estradas levam à Ilha de Santa Catarina. O centro ficou lotado com carros de som – funk, samba, hip hop e todas as modas possíveis em alto e bom (ou mau) som. O bloco dos sujos tomou as ruas, fazendo surgir coelhinhas de pernas peludas, heroínas de voz grossa e Amy Winehouses com pomos de Adão à torto e à direito.

dsc 0169 230x345 Carnaval afro açoriano

Carnaval 2009 - Floripa, Santo Antônio de Lisboa - Maracatu Tamboritá

Em terra conhecida por suas ascedências germânicas, açorianas e italianas, a cultura afro se manifesta comprovando sua forte influência, quase uma onipresença, na cultura popular brasileira. Teve bloco de maracatu em Santo Antônio de Lisboa, no centro, na Lagoa da Conceição e até na Guarda do Embaú. Tive o imenso prazer de participar dessa catarse coletiva, com os blocos Arrasta Ilha e Tamboritá em Santo Antônio de Lisboa e uma segunda dose de Arrasta Ilha no centrinho da lagoa, precedido por um grupo de música e dança afro.

“Maracatu, maracatu, maracatu, maracatu” – o tambor canta, o sangue pulsa, a carne vibra, a pele sua. Debaixo de sol ou chuva pessoas desconhecidas se reúnem para celebrar juntas a alegria de estar vivo e poder sentir.

share save 171 16 Carnaval afro açoriano
Deixe um comentário





Blog integrante da rede Soylocoporti