Parte do coletivo Soylocoporti

Olhares de (apenas) uma latino-americana

sexta-feira, 2 de maio de 2008

Histórias fantásticas da Ilha do Mel

, ,

 Histórias fantásticas da Ilha do Mel
Fui à gruta e não encontrei as sereias, só o Peter Pan e seus amiguinhos

Nenê, nativo da ilha de 50 anos, me contou algumas histórias de antigamente. Sua vó era parteira, portanto acumulava grande parte do conhecimento da medicina popular. Ela morreu com mais de cem anos, estava lúcida e ainda trabalhava a terra. “Ela era desse tamanhinho, parecia uma criança, tinha os cabelos bem branquinhos e usava um chapéu de palha”, lembra Nenê. Ela lhe contou diversas histórias do tempo da carochinha. “Nessa época não tinha quase ninguém na ilha; hoje você anda por essas trilhas, sempre tem alguém por perto”, conta, “antes não, se andava sozinho por esses caminhos”.
A vó contava que viu as sereias na gruta das Encantadas. Diz a lenda que as sereias entoavam seu belo canto; os marinheiros que ouvissem perdiam o rumo de suas embarcações e se espatifavam na rocha. Segundo Nenê, sua mãe também viu a sereia, e outras pessoas na ilha afirmam ter visto esses seres fantásticos.
Outra história contada pela vó de Nenê é a de José Ricardo, que conhecia como ninguém a natureza da região. Quando alguém era picado por uma cobra, mandavam chamá-lo. José Ricardo dava três assobios e todas as cobras que estavam por perto apareciam à sua frente; ele apontava a malvada que deu a picada, mas sem matá-la. Benzia o ferimento, tirando o veneno, e a vítima sarava.
Se essas histórias são mesmo verdade, só quem viu pode falar. Hoje não existe mais nada disso. José Ricardo morreu e agora tem posto de saúde, ninguém precisa mais conhecer a natureza. As sereias devem ter sido levadas para algum circo em Hong Kong, onde fazem estripulias num aquário gigante.

share save 171 16 Histórias fantásticas da Ilha do Mel
3 comentários em “Histórias fantásticas da Ilha do Mel”
  1. Que linda suas historias… Voce tem um jeito gostoso de escrever… Verdade, temos duas coisas em comum: a fotografia e a prosa. Um dia quero ver uma sereia com voce. Beijos, Haroldo (Viajologia)

  2. Nossa! Que legal! Obrigada Haroldo!
    Já aproveito e deixo o link para os amigos: http://www.viajologia.globolog.com.br

  3. Maravilhoso o texto … precisamos de mais atualizações sobre a Ilha do Mel !!! apareça …

Deixe um comentário





Blog integrante da rede Soylocoporti